• Há muitos tipos de colírios destinados ao tratamento de diferentes doenças dos olhos. Os olhos, entretanto, são órgãos de muita sensibilidade, assim sendo, o uso de qualquer tipo de colírio, sem orientação e controle do médico, poderá causar mais problemas do que resultados positivos.


    Um colírio bom para a conjuntivite de uma pessoa poderá ser prejudicial para outra que "aparentemente" tenha o mesmo problema. O uso excessivo de colírio pode causar sérios problemas para os olhos, por isso, siga sempre a orientação do médico.



    Como usar o colírio:

    - lavar as mãos;

    - levantar a cabeça e puxe a pálpebra para baixo a fim de que o colírio caia dentro do olho;

    - usar apenas uma gota;

    - manter os olhos fechados por 2 minutos;

    - não esfregue os olhos ou pisque depois de pingar o colírio.



    Cuidado com o colírio:


    Os vidros devem ser mantidos bem fechados e ao abrigo da luz;vidros abertos há muito tempo devem ser jogados fora. Observe o prazo de validade impresso na caixa ou no rótulo; ao usar o colírio, coloque a tampa em lugar limpo, evitando que a parte de dentro encoste em qualquer superfície ou objeto;


    Cuidado com o uso repetido de colírio anestésico que pode levar à perda do olho.




    Fonte: Saúde Vida Online