• A saúde dos olhos corre um grande risco com certas doenças que muitas pessoas nem imaginam que podem afetar o nosso globo ocular. É o caso da toxoplasmose ocular, enfermidade que pode prejudicar a visão se não detectada o quanto antes. A doença é uma inflamação nas camadas mais internas do olho. Dependendo de como está avançado o quadro do paciente sem tratamento, há até mesmo o risco de de cegueira.

    O médico oftalmologista do Instituto Médico Oftalmológico Foz do Iguaçu (IMOF),Renato Tolazzi, aponta quais são esses problemas e quais são os sinais de alerta que todos devem ficar atentos.


    Quais são os sintomas ?


    Dr. Renato descreve que sensibilidade com a luz (fotofobia), dores, diminuição da visão e o vermelhidão nos olhos como alertas de que a pessoa pode estar com um quadro de toxoplasmose ocular. "Esta doença é transmitida por um parasita chamado toxoplasma gondii e que pode se alojar na retina, provocando algumas lesões bem graves" aponta Dr. Renato.


    E se estes sintomas surgiram logo após a ingestão de alimentos contaminados,seja legumes, verduras, carnes de porco mal cozidas ou mesmo água, a chance é bem grande do paciente ser diagnosticado com toxoplasmose ocular. O contato com fezes de animais, em especial dos gatos, é outro fator que pode desenvolver a doença em uma pessoa.


    É preciso ficar atento também com visão embaçada ou alguma dificuldade progressiva para enxergar. Dr. Renato explica ainda que a toxoplasmose ocular atinge um dos olhos apenas na maioria das vezes, mas algumas pessoas já sofreram nos dois olhos ao mesmo tempo, porém com lesões diferentes.


    Alertas para gestantes


    As gestantes precisam ter cuidado também. Dr. Renato explica que também é possível que o germe passe para a placenta. "Se uma grávida está contaminada pela toxoplasmose, esse quadro pode chegar ao feto. As chances da mãe transmitir a doença para o filho durante a gravidez são grandes" alerta Dr. Renato Tolazzi. Mesmo que a mãe não apresente os sintomas, é bom sempre estar alerta e fazer exames para evitar que o futuro bebê tenha algum problema em sua visão.


    Como é feito o diagnóstico



    Dr. Renato Tolazzi afirma que todos os sintomas servem como alerta para que  o paciente busque um oftalmologista o quanto antes, pois apenas através de exames é que se sabe com precisão se existe este quadro ou não. E este diagnóstico é possível examinando a parte do fundo dos olhos. "Através de lentes especiais, é possível ter uma visão direta na retina, para analisar possíveis lesões que sejam associadas com a toxoplasmose. Para ter um diagnóstico bem preciso, alguns exames de sangue próprios para toxoplasmose ajudam a direcionar o oftalmologista a detectar a doença" finaliza.


    Tratamento


    Dr. Renato Tolazzi alerta: apenas um médico oftalmologista pode diagnosticar e indicar um tratamento para esta e qualquer outra doença dos olhos. "O tratamento que um especialista vai realizar é com colírios anti-inflamatórios a base de corticoide e com os colírios chamados cicloplégios. O médico pode receitar também alguns antibióticos via oral. Mas quem vai definir este tratamento, repito, é apenas o médico oftalmologista" concluí Dr Renato Tolazzi.

    Portanto, o melhor é cuidar muito bem do que come, lavar bem os alimentos e cozinhar muito bem a carne de porco e ovos.  Quem tem animais em casa, mais especificamente gatos, os cuidados com as fezes é muito importante. Manter o ambiente residencial de quem tem animais limpo é a primeira condição para evitar complicações.




    Fonte: Dr Visão