Efeitos do stress sobre a visão – CTV

Efeitos do stress sobre a visão

Efeitos do stress sobre a visão

Há muito tempo sabe-se que os problemas psicológicos são refletidos de forma real sobre o corpo, causando às vezes, sérias conseqüências. O ritmo da vida atual, as pressões, preocupações e as responsabilidades de todos os dias geram o que denominamos de stress.

O stress é uma resposta do organismo a situações cotidianas onde ele passa a agir e sentir como se estivesse sendo submetido a uma atividade mais extenuante do que a real.

São muitos os efeitos do stress no organismo humano. É importante criarmos condições de equilíbrio para nos mantermos em harmornia e agregarmos saúde e qualidade à nossa vida. A visão, por mais perfeita que seja, também está sujeita a sofrer as conseqüências desse tipo de desgaste. Ela é o mais importante sentido do ser humano na sua interação com o meio que o cerca, uma vez que é através dela que a maior parte dos estímulos chegam ao nosso conhecimento cognitivo.

Na oftalmologia, a acomodação é a responsável pelo foco da imagem. É ela que permite que vejamos de longe e, em fração de segundos, possamos focalizar um objeto a poucos centímetros do nosso rosto. Isso é possível devido à musculatura interna do nosso olho que molda o cristalino de acordo com a necessidade do foco.

Quando a pessoa é submetida ao stress, esse complexo mecanismo pode falhar, e mesmo a musculatura pode entrar em espasmo, o que vai ocasionar uma visão embaçada, miopia induzida, dores de cabeça, ardor ocular e outras manifestações diversas. Nesses casos, o exame cuidadoso por parte do oftalmologista permite identificar, tratar e orientar o paciente de forma adequada.

Além disso, existe uma patologia bastante comum em pessoas submetidas ao stress, chamada Coriorretinopatia Serosa Central, que se caracteriza pelo acúmulo de líquido entre as camadas da retina (camada interna do olho onde é formada a visão), e manifesta-se por visão distorcida na região central, hipermetropia induzida e metamorfopsia (tortuosidade das letras), que pode ter um curso de algumas semanas ou até mesmo gerar a baixa de visão permanente.

No mundo atual, o stress é um grande responsável pelas doenças, devido à estreita relação entre mente e corpo. Ele é um elemento gerador de desequilíbrio das funções orgânicas e deve ser encarado e tratado de forma séria, pois não afeta apenas a visão e sim o nosso corpo como um todo. No caso da visão, um oftalmologista experiente é capaz de identificar tais alterações e oferecer uma orientação adequada ao cliente.

Dicas para relaxamento da visão:

  • Primeiro feche os olhos, depois abra e olhe para o infinito sem ponto de fixação por trinta segundos.
  • Movimente os olhos abertos para cima e para baixo, para esquerda e para a direita, e em diagonal acompanhando o sentido da rosa dos ventos.
  • Gire os olhos em círculo, olhando para os extremos quatro vezes para a direita e quatro vezes para a esquerda.
  • Coloque um lápis a trinta centímetros de distância dos olhos abertos e aproxime até o ponto onde se consegue manter a imagem única, repetindo o procedimento quatro vezes. Esses exercícios devem ser efetuados várias vezes durante o dia.

Fonte: Gazeta Digital

Categories : Notícias